CAMINHO


148943_372226382826302_104214732_n (1)CAMINHO
Cantem,
Com toda a vossa
vontade,
O hino da Liberdade!
Protestem,
Com toda a vossa
Força,
O grito do vosso contra,
Da vossa rebelião!
Sonhem,
Tudo aquilo
Que nunca se atreveram
A pensar!
Respirem,
O ar que vos foi um dia proibido!
Vejam,
O brilho do Sol
Que vos recusaram!
Caminhem
Até á vossa meta,
E percorram vitoriosos
Os pântanos triaçoeiros
Da vossa Liberdade!

Publicado no Jornal “Correio Da Manhã” – Suplemento “Correio Dos Jovens” – 08.12.1988
E este foi meu primeiro poema publicado em algum local, corria o ano de 1988, eu tinha dezassete anos, escrevi-o pelos quatorze e porque o namorado insistiu, tomei coragem e enviei para algo que hoje já não existe no Jornal “Correio da Manhã” – Suplemento “Correio dos Jovens” – algo muito bom que incentivava jovens como eu em várias áreas criativas a se mostrarem.
Em contrapartida, os poemas seleccionados e publicados eram contemplados por belíssimas Obras literárias da “Verbo”.
Sou grata.
C.M.

© Célia Moura

Anúncios

Um pensamento sobre “CAMINHO

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s