AROS DE LUZ


23936_432840423431564_976713470_nAROS DE LUZ
Momentaneamente
Os Anjos
Sopram imortalidade,
Vingam murmúrios ásperos
De traição,
Harpas imponentes.
Abençoam faces resplandecentes
De púrpura
Sobejam sorrisos serenos
De luz…

Festejam sons,
Soberbas inspirações,
Promessas de volúpia
Na chegada.

São breves!

© Célia Moura – Do livro “Jardins do Exílio” – Hugin Editores – 2003
(Imagem – Gaylord Ho Sculpture)

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s