REGRESSO II


10647089_693121254105033_5924634877750351712_nREGRESSO II
Eis que surges
No murmúrio de um riacho
Invocando nos olhos
A coragem.

Serenaste os vendavais
Com o alento
De uma canção de embalar.

Eis que regressas
No coração dos dias
Derramando sublimes tons dourados
Sobre o meu corpo
E descansas no meu leito
De água fresca,
Onde dantes
Se deliciavam fantasmas.

© Célia Moura, in“Jardins Do Exílio”
(Nathalie Picoulet Painting)

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s