Tu sim és quem me alimenta


10360455_645766465507179_6880283155327848170_nTu sim és quem me alimenta, quem me pode salvar pelas artérias que fazem (re)nascer as palavras, porque eu nada sei, porém em teu rosto saltita toda a Poesia como um pequeno pardal que aprende a voar sozinho.

© Célia Moura
(Svetlava Bekyarova Photography)

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s