Senhor editor


10509699_671472869603205_4651077501825060519_nSenhor editor
Faça-me um favor,
Leia mais, leia diverso, seja disperso,
Desmultiplique-se
E tenha pelo menos quatro orgasmos por dia!

Sei que sou pó circulante, e pouco mais serei
Mas não me peça milhares
Porque se os tivesse e me rendesse assim
Que valeria eu?!
Um pouco mais de mim, um pouco mais além,
Talvez poesia de pele esticada num bisturi!

Ah senhor editor
Esse tipo de cirurgia que não me rasga a alma
E somente me fere de soslaio
E de cinismo me agride
Não pago por ela não!
Eu sou sim ou não, eu sou tesão!

Serei sempre o poeta que alimenta passarinhos
E se empoleira na ousadia dos profetas
Gozando sarcasmos como quem vai
Bailando nos dedos de Osíris e se doar no Deserto.

© Célia Moura – 17.VII.2014
(Cartoon – (Todos os direitos reservados))

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s