O conhecimento


11108275_824714280945729_6989499217589358463_nO conhecimento
À medida que vamos evoluindo no conhecimento enquanto seres racionais que somos, vamos tomando noção de que afinal mais valia nada sabermos, porque essa sede de amplitude, essa sede de infinito, nos torna cada vez mais ínfimos, nos reduz até à consciência do quão limitados e cruéis poderemos ser.

Angústia de uma constante luta para com a majestade das marés.

© Célia Moura, 05.V.2015
(Geir Andersen Photography)

Anúncios

3 pensamentos sobre “O conhecimento

  1. A questão estará, então, em considerar ou não os pequenas avanços no conhecimento vitórias encorajadoras perante a descoberta duma crescente imensidão de áreas desconhecidas. Um pouco mais de luz, diria. Ânimo em vez de angústia (os tolos são assim)

  2. João Pinto, eu não disse o contrário, ou melhor não foi isso que quis dar a entender, isto porque a ânsia do conhecimento sempre viveu em mim, rodopiando como uma mariposa louca, deixando-me perceber à medida que vou adquirindo mais e mais conhecimento o quão limitada sou.
    Jamais um ser humano que tenha esta ânsia conseguirá sentir-se realizado porque o conhecimento é ilimitado ao contrário de nós.

    Um abraço.

  3. Pelo contrário: apesar das desilusões, conhecendo, passamos a ter a hipótese de passar a actuar conscientemente contra o que descobrimos errado.

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s