Europa – O Princípio do Caos


944858_962031987179069_8733893598475848811_nEuropa – O Princípio do Caos
É do mais absurdo e surreal que se pode conceber a Europa lutar contra o terrorismo quando em prol do capitalismo desenfreado se permitem entre outras armas de guerra, as kalashnikov como se de rebuçados se tratasse.
Elas circulam para lá e para cá como quando eu era miúda e trocava os cromos de uma das minhas cadernetas da “Heidi”.

Sites na ‘internet’ exemplificando ao detalhe como se pode fabricar uma bomba, existem às dezenas e nada se faz para os bloquear. Será que a autoridade da Comunidade Europeia não tem capacidade para o fazer ou não quer?!
Evidentemente que não quer, porque alguém deve ter algo a lucrar e exaustão se instala desta mortandade e discursos sem nexo.

Terrorismo começo a vê-lo assim como uma doença gravíssima, tipo esquizofrenia colectiva ou alcoolismo em elevado grau a necessitar de ‘internamento’ compulsivo, de tal modo que os jovens que praticam tais actos não têm decerto noção do que é Amor, respeito à Vida ansiando morrer e matar como uma vitória, algo sublime em nome de Alá ou seja lá quem for!

Deixo esta análise aos especialistas da área, pois parece-me interessante tal estudo, não só para que vidas sejam resgatadas desta praga doentia “Jhiadhista” como também por prevenção e para que seja possível traçar um perfil do possível membro.

Quanto à Europa continuando assim em esquemas e jogos pouco claros, sobretudo às nações com maior poder económico, social, estratégico e no que concerne ao êxodo dos refugiados, recusando-lhes auxílio, ‘empurrando-os’ à força para os mais pobres países do sul europeu ainda em grave recessão económica, sou a repudiar tal falta de união e respeito.
Acrescento ainda que a Europa sempre esteve condenada ao fracasso e estes atentados são apenas o princípio do seu Caos.

Tudo o que vier nos próximos anos, nas próximas décadas será o fruto do que jamais deveria ter sido plantado.

© Célia Moura, 26.III.2016

(Imagem – Nações Unidas – “Acnur, Unicef e OIM alertam sobre medidas adotadas para dificultar movimento de refugiados e migrantes; eles tentam seguir da Grécia pelos países dos Bálcãs até a Europa. Edgard Júnior, da Rádio ONU”)

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s