Que do meu coração sejam convocadas


13330944_1028386613911827_288486443614135046_nQue do meu coração sejam convocadas
As sete pragas do Egipto
E dos mamilos onde te delicias
Sejas possuído do mais vil desejo
Sem qualquer redenção!

Que meu sexo seja teu fogo queimando
Tua alma
E meu gemido
O vinho que te sacie!

Que me saibas encontrar no odor
Da chuva fecundando o solo
Tal como no sorriso das crianças brincando
No recreio da escola.

Que me reencontres no negrume dos olhos
Na alegria e no desespero,
Neste aceno de palavras que ouso beber
Mas nunca dizer!

© Célia Moura, 28.V.2016
(Alexander Hodyukov painting)

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s