NO FOGO DO SILÊNCIO


13495308_1324638987549535_5769544861198216381_nNO FOGO DO SILÊNCIO
Rumo à certeza do teu abraço,
e num cântico de improviso,
erguido na voz dos anjos,
surpreendo caravelas exaustas
num semblante de desdém.

Mais doces
são os hinos convocados
à aura dos candelabros,
penumbra incerta dos passos,
suavizando os tacos ao soalho,
envolvendo cálidos odores
num refúgio maior,
predestinado à dança das fragas
através do singelo fogo do exílio.

© Célia Moura – in “Jardins Do Exílio” – Ed 2003
(Imagem – “Google”)

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s