ÂNSIA DE REGRESSO


13412999_1320225874657513_7685119470692378862_nÂNSIA DE REGRESSO
Pertence a um mundo mais distante,
este fôlego de vida,
exaurido em voraz agonia,
e suplicas desfeitas em pranto
no peito.

Holocaustos previsiveis
mancham todas as açucenas,
acenando retalhos ainda frescos
de grinaldas
à rebeldia do vento norte.

Meu corpo está a soluçar beleza,
meus olhos a exorcizar o fantasma
da tristeza.

Ergo-me em todos os gestos possiveis, proclamados de silêncio,
e busco a cariciosa Luz
que me guiará à Origem…
…Resplandeço num hino.
Recosto o cansaço no teu ventre…
Adormeço…
… Regresso!

© Célia Moura – in “Vestida de Silêncio – Ed 2000
(Ilustração – Imagem “Google”)

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s