E ao perguntar-te o quanto gostavas de mim


10599406_699635323418738_7179492455334615473_nE ao perguntar-te o quanto gostavas de mim, respondeste:
– Gosto de ti como de amoras.
Estranho, nunca te vi comer nenhuma. Se ao menos gostasses de mim como de melões. Sim, porque esses os devoras!

© Célia Moura 10/06/2013

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s