O momento das carícias voltou a entrar no quarto


“O momento das carícias voltou a entrar no quarto, pediu desculpa por ter-se demorado tanto lá fora, Não encontrava o caminho, justificou-se, e, de repente, como aos momentos algumas vezes acontece, tornou-se eterno.”

José Saramago, em “A Caverna”

Anúncios