Para quê, perguntou ele, para que servem


“Para quê, perguntou ele, para que servem
Os poetas em tempo de indigência?”

Hélia Correia, in “A Terceira Miséria”

Anúncios