Sempre que vens


1070068_491460230937804_478008258_n (1)Sempre que vens
Ó eleita
Fazendo roçar as pérolas
E os mamilos
Pelos meus fatigados ombros
Caminho devagar
Em tua púbis de Afrodite
E sei que é chegada a hora
De ir morrer
Na enseada.

© Célia Moura (a publicar) – “No Hálito De Afrodite”
(Ilustração – Vadim Stein Photography)

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s