O poeta é assim uma espécie de artesão


13417640_1008248892557378_4419289189305472729_nO poeta é assim uma espécie de artesão fervilhando no sangue das palavras e um profético transe celebrado no silêncio.

© Célia Moura 15/6/2016
(Imagem – “Google” photography)

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s