Anseio famintos


13654372_1339512226062211_4766457823195166243_nAnseio famintos
Os teus lábios
Quando minhas pérolas
Já rolam pelo mármore
E aquela música insiste
Em saborear rosas
Nesta vertigem dos corpos

Anseio qual fêmea
Em pleno cio
Ser somente tua
Amado!
Despir-te perante
Tuas mãos de antúrios
E dançar contigo
Entre vodka e incenso
O tango dos amantes,
Apetecer jangadas de maresia
Entre as pernas
E sentir-te (m)Eu.

© Célia Moura – Ed 2014 – Pág.14 (Antolologia: Asas De Amor) 01.VII.2016
(Imagem – “Google”)

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s