Através Dos Teus Olhos


Através Dos Teus Olhos

Quero lá saber de mim ou de ti!

Sei das papoilas cor de rosa que vi
através dos teus olhos.
Coloquei-as nos cabelos como se fossem camélias
e fomos tomar café ao tal local que te prometera.
Trepámos as grades e vislumbramos,
a cafetaria dos loucos onde só têm lugar
esses mesmos.
Os loucos!
Essa gente que julgamos tanto e de forma tão radical…
gente como tu e eu
a quem lhes foi vedado tudo.

Mas, a toda a esquizofrenia lhe deve ser dado um caminho,
tal como à psicose e à bipolaridade
sempre que te lambuzas de natas no café da manhã
pensa
sempre que fores à melhor pastelaria da tua cidade
observa.

Será que todos os bois têm cornos na cabeça?

© Célia Moura
(Klimt painting)

Anúncios