Percorro mares


percorro-nmares

(c) “Google”

Percorro mares
Precipícios
Vales
Tormentas em sobressalto
Nessas tuas costas sempre
Que me invades
Porque sou como a lava do vulcão
Hibernando séculos
A explodir o cio das fêmeas
Sedentas do elixir frenético
Despertares de tesão
Incansáveis ciclos de germinação.

© Célia Moura, a publicar
(Fotografia – “Google”)

Anúncios

4 pensamentos sobre “Percorro mares

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s