Seja ou não breve


seja-ou-nao

Art/e (c) Hamish Blakely painting

Seja ou não breve
Esse amor que me concedes
Que importa!

Também a vida tem sidoUma inspiração ardente
As aves num voo rasgado
Trespassam como flechas meu horizonte
E descem ao solo para se alimentar.

Minhas negras pérolas,
Essas,
Há tanto que as roubaram!

Todo o fogo se desvanece e apaga
Como um tango
Revolvendo-se de Paixão.

Somos retalhos teimosos de memórias,
Então,
Ama-me em todas as teclas do piano,
Todas as cordas do violino e o compasso do batuque…

Ama-me intensamente enquanto estou!

© Célia Moura – “No Hálito De Afrodite” (p. 15) – Out./2018
(Hamish Blakely painting)

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s