Não permitas que a injecção do capitalismo anestesie o teu Eu superior


não-permitas

(c) “Google”

Não permitas que a injecção do capitalismo anestesie o teu Eu superior, nem sequer te detenhas na mesa daqueles que tudo julgam saber.
Perdes teu tempo, teus argumentos com tamanha soberba.
Busca o teu canto, o teu recanto. Priva com os simples.

Vale mais ser pequena a seara e haver muito trigo na eira.

© Célia Moura
(Imagem – Google Photography)

Anúncios

Deixar um comentário:

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s