Amazónia


(c) Brazil Photo/ Getty Images

Amazónia

Sejam bem-vindas todas as chuvas
que clamo
e me inundem a alma em chamas
fazendo renascer vida onde tudo tem sido noite e pranto.

Que se ergam em uníssono nossas preces
meu Irmão
e que a mãe chuva cante generosamente onde
arde a dor,
para que da terra queimada se erga
soberana fénix
Amazónia meu pedaço de chão, alvorada eterna
meu amor!

© Célia Moura, 22.08.2019
(Brazil Photo/ Getty Images)

Anúncios