DÁDIVAS DE SANGUE


dadivas-de

Art/e (c) Alejandra Baci Photography

DÁDIVAS DE SANGUE
Desfaço-me em todas as metamorforses
Do meu silêncio.
Ai ânsias,
Naufragas de todas as existências que trago caladas
Aos gritos
Dentro da minha!
Ide, tendes caminho aberto, manifesto! Continuar a ler

Anúncios