Não me estilhacem os recém-nascidos sorrisos


Não me estilhacem os recém-nascidos sorrisos,
porque não permito!

Nem me despedacem a alma,
nesta agonia maior de ser só, qual jangada perdida no Oceano
a baloiçar quimeras! Continuar a ler

Anúncios