Meu Menino Homem


Art/e (c) Antoine de Villiers Painting

Menino Homem
Vem meu menino homem,
Que te quero
Como a água cristalina das fontes
Em tarde abrasadora de Verão.

Vem, meu menino de cabelo branco
Te aconchegar nos meus seios
A transbordar mel de flores
E sussurrar passarinhos Continuar a ler

ASAS DE AMOR – Antologia Erótica [Video-Poesia]


VIDEO © 2012-2020 LP (LProductions – Todos os Direitos Reservados / All Rights Reserved)

Um belíssimo trabalho de vídeo elaborado há quatro anos, aquando da minha participação na Antologia Erótica “Asas De Amor”, que tal como tantos outros trabalhos me deu imenso prazer.
Alguns dos poemas do livro “No Hálito De Afrodite” estão aqui para todos nós. 

Se Eu Fosse o Teu Poema


Art/e (c) Monika Luniak painting

Art/e (c) Monika Luniak painting

Se Eu Fosse o Teu Poema
Ah se eu fosse poema
Haveria de te degustar amada minha
Inteira tal como um trago de aguardente bem velhinha,
Sugar teus poros como aquele que se excita
Na prostituta mais imunda torneando a estrada
Como se torneasse teus mamilos
E ainda que viessem ninfas e
Orquídeas pelo meu sexo acima
Que me importaria!

Que teu corpo fervilhasse sevilhanas Continuar a ler

Sei da carícia das giestas em flor


Art/e (c) Sergue Marshennikov painting

Sei da carícia das giestas em flor
dos arcanjos em núpcias
e do desejo
que me entrelaçava
à dança dos nenúfares
sempre que me dizias:

‘Meu amor.’

Sei do odor a vodka e sexo
no espelho do quarto,
do derradeiro abraço,
nunca por nós desenhado Continuar a ler

Pó de Perlimpimpim


(c) “Google”

Pó de Perlimpimpim
Sou como a mais miserável,
por tantos amada
por mais outros tantos escorraçada!

Sou a que poucos amou, sendo forçada,
a alvorada queimando a escada
o estilhaço da granada que te apunhalou na garganta,
amordaçando tua boca de beijos.

Sou essa gaivota que grita e nada se agita!
O céu profundo que escurece nas pernas das moiras Continuar a ler