No Esvoaçar do Destino


Art/e (c) Mecuro b Cotto Photography

No Esvoaçar do Destino
Em inexprimíveis gritos
De puro absinto
A imperatriz queimava
A mais funda mágoa.

No estonteante vazio
Rompiam soluços gesticulando
Infinito. Continuar a ler