NO HÁLITO DE AFRODITE


189150_476370479113446_1781398807_nNO HÁLITO DE AFRODITE
Arautos de alento
Escorregam por erectos mamilos
De mel
No hálito de Afrodite
Enquanto teus dedos Continuar a ler

Anúncios

Oblíqua a seiva que me invade o ventre


13178778_988497147865886_6060061611455802819_nOblíqua a seiva que me invade o ventre,
Terra de ninguém!

Que a espuma do mar me envolva
As algas se entrelacem em meus cabelos,
Eu vá mar adentro com meu ramo já seco
Tua negra noiva, negras as tulipas.

Meu véu branco cobrindo minha nudez,
Nesta celebração de chuva e espumante Continuar a ler